Amor - o que é pra você?

terça-feira, 2 de julho de 2013

A.mor (ô) [Lat. amore.] sm. 
1. Sentimento que predispõe alguém a desejar o bem de outrem. 2. Sentimento de dedicação absoluta de um ser a outro, ou a uma causa. 3. Inclinação ditada por laços de família. 4. Inclinação sexual forte por outra pessoa. 5. Apego profundo a valor, coisa, ou animal: amor à verdade; aos livros; aos cães. 6. Devoção extrema: amor à pátria. 7. O objeto do amor (1 a 6).

Essa é a definição que encontramos no Dicionário Aurélio. Mas há como definir o amor?

Questão difícil e que vem norteando autores das mais variadas vertentes da literatura, o amor é debatido até hoje como algo indefinido e pouco alcançável. Coisa rara e para quem o mereça.

Mas o amor, assim como a amizade, o romance, o medo e a violência, desde o último século, tem ganhado várias outras significações. Não existe mais só uma forma de amar. Existem várias. Hoje homens amam homens, mulheres amam mulheres, homens continuam amando mulheres, e vice-versa, e está tudo bem! Tem até o Serguei que ama, de vez em quando, uma árvore, uma calça apertada.

Há também o amor-próprio, tão debatido e procurado em tempos de bullying social, epidemia de depressões das mais variadas e relacionamento viciosos e pouco duradouros.

Há o amor pelas coisas, pelas tarefas, pela profissão. Há o amor por tudo que nos cerca e aquilo que não conseguimos achar, que desejamos, mas não alcançamos, tão erroneamente chamado de amor platônico (referência ao filósofo grego Platão).

Para Platão, o amor não era algo inalcançável, mas sim um ideal, a verdade essencial daquilo que não se possui. Achado o essencial em algo ou alguém, o amor era consumado, pois havia a plenitude do sentimento preenchido de todas as formas (o amor terreno: do corpo;e o amor da alma: celestial).

Pensando em todas as formas de amor, como aplicá-las e como pensá-las, a Corrente Literária lança hoje o tema: 


A postagem coletiva acontecerá no dia 18/07 (quinta-feira) e continuam valendo as regras das últimas edições:

- São aceitos textos de qualquer modalidade (contos, crônicas, poemas, haicais etc), contanto que dentro do tema proposto.

- Receberemos os textos com antecedência, se o participante quiser nos enviar, via mensagem, mas só compartilharemos no dia na postagem coletiva informado acima.

- A Corrente Literária é uma página que visa o compartilhamento da informação, dos textos e dos blogs dos participantes de forma equânime e justa. Ou seja, nossas edições não envolvem prêmios e/ou destaque para um ou outro escritor. Visamos a agitação cultural na rede.

Acompanhem-nos aqui no Blog, pelo perfil no Twitter e também no Facebook.

Participem!

Um comentário: