Histórias da Noite Carioca

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

"Às vezes é bom pular a teoria e ir direto para a prática".

E é assim que Eric Novello faz com Histórias da Noite Carioca. Não há enrolação, não há escrita devagar. O raciocínio do autor, e por conseguinte do personagem, é rápido e ácido. Lucas Moginie se apresenta de cara e presta contas sobre o porquê está ali, atuando como personagem principal da história. É um escritor com bloqueio criativo, que ele prefere chamar de tédio mesmo, em frente à tela branca do editor de texto, em pleno sábado. Lucas P. Moginie, P., Lucas Paes, são tantas as alternativas que o personagem dá sobre o próprio nome, logo no primeiro capítulo, que você pensa ser mais um detalhe para completar a página. Mas não, Histórias da Noite Carioca é um livro onde os personagens não são maniqueístas e até o seu fim, todos eles mostrarão diversas caras, desejos, e agirão instigados pelo desejo.

Com a ajuda de Tita, amiga de anos que ficara afastada por um tempo de sua vida, Lucas começa a escrever o seu novo livro. Escritor aclamado por falar sobre a noite carioca e as cruezas dos inferninhos que frequenta, o personagem começa a sofrer as consequências de usar as pessoas que o rodeiam como personagem de seus livros. Nada é mais espontâneo como no começo. Agora, todos que chegam perto dele, receiam tornar-se personagens.. E, segundo o próprio Lucas, eles gostam, nada melhor para mover a vaidade humana do que constar nas lembranças de outra pessoa.

Por intermédio de Tita, Lucas conhece Rodrigo, um rapaz de 23 anos, que se oferece como personagem para o próximo livro de Lucas, que ainda não fora começado. As páginas em branco, o bloqueio criativo e a oportunidade de reatar a relação com Tita, fazem com que Lucas se jogue de cabeça em descobrir quem é Rodrigo, o que ele pode dar de interessante para seu próximo livro; quem é o rapaz que ele conhece em um inferninho de Botafogo, em um sábado qualquer?

Histórias da Noite Carioca se desenrola a partir daí. Três pessoas, três desejos e três destinos a serem traçados, que juntos são sensuais e provocantes. Cercado por Lívia, sua empresária dominadora, Mara Malu, sua motorista desbocada e por um casal de vizinhos ninfomaníacos, Lucas dá início ao fim da sua sanidade. E com isso, o começo de um livro provocativo, instigante e muito bem humorado, até a última página.

Nenhum comentário:

Postar um comentário